Release dos expositores

Informe Apecs

Apecs defende revisão da cobrança de água

Associação quer ainda mudanças nos tributos cobrados do setor

Os investimentos em saneamento são essenciais para o desenvolvimento. Por isso, a Apecs (Associação Paulista de Empresas de Consultoria e Serviços em Saneamento e Meio Ambiente) considera positiva a proposta de alterações na cobrança de água anunciada recentemente pela Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo). “As taxas estão distantes da realidade enfrentada pelas companhias de saneamento de todo o país. Por isso, defendemos uma revisão”, afirma Luiz Roberto Gravina Pladevall, presidente da Associação.

Entre as propostas da Sabesp enviadas para a Arsesp (Agência de Saneamento), a companhia prevê a redução dos custos para as famílias de baixa renda e para o setor público. Outra alteração sugerida se refere à alteração na discriminação da cobrança, atualmente com valores divididos por água e esgoto. A sugestão da companhia é criar uma tarifa única. Pladevall ressalta que as questões tarifárias enfrentadas pela Sabesp se refletem em outros estados. Segundo ele, a maioria dessas companhias convive com parcos recursos, insuficientes para cobrir as próprias despesas cada vez mais crescentes. “As tarifas cobradas dos consumidores não refletem os reais custos operacionais como o aumento da energia elétrica, gastos com produtos químicos, entre outros”, aponta o dirigente.

Porém, o presidente da Apecs destaca que a revisão da cobrança da tarifa de água deve vir acompanhada da melhoria da gestão das operadoras. O dirigente defende ainda a revisão dos tributos cobrados das companhias de saneamento como forma de reduzir as profundas distorções que afetam áreas estratégicas para o desenvolvimento do país. “No regime de Lucro Real, por exemplo, as companhias desse setor recolhem 12,70% de tributos, enquanto as indústrias de transformação pagam apenas 6,46%. Precisamos mudar essa fórmula para alavancar projetos em saneamento”, defende Pladevall.

Sobre a Apecs:

Fundada em 1989, a Apecs congrega atualmente cerca de 40 das mais representativas empresas de serviços e consultoria em Saneamento Básico e Meio Ambiente com atuação dentro e fora do país. Essas companhias reúnem parte significativa do patrimônio tecnológico nacional do setor de Saneamento Básico e Meio Ambiente, fundamental para o desenvolvimento social e econômico brasileiro, estando presente nos mais importantes empreendimentos do setor.

Congresso ABES / Fenasan 2017